12 meses de Poe ♥ #01

Poe - Juliana Fiorese

Que dizer dela? Que dizer da austera consciência,
esse espectro em meu caminho?
Chamberlain,
 Pharronida
[William Wilson, p.25]

E assim eu tive o meu primeiro contato com Edgar Allan Poe.

Para quem ainda não sabe – e como eu contei no meu post de desafios literários para a vida, nesse link aqui -, eu estou participando do projeto literário #12mesesdepoe, criado pela Anna, que consiste em ler um conto de Edgar Allan Poe por mês.

Poe - Juliana Fiorese

O primeiro conto que eu li do autor foi então William Wilson e é sobre ele que eu vou falar nesse primeiro post do projeto – com todos os spoilers do mundo.

Poe - Juliana Fiorese

Narrado em primeira pessoa, William Wilsonnome este que nem ao menos é o seu verdadeiro – vai nos contar, em um tom de voz extremamente frio e muito anormalmente tranquilo, sobre sua vida tão sombria e infeliz.

Como meio de buscar certo alívio, ele se permite nos mostrar, através de lembranças, todos os caminhos que a sua vida o levaram, desde o início da escola ao dia mais atual.

Poe - Juliana Fiorese

Logo percebemos que, desde criança, William Wilson tirava proveito e vantagens em cima dos meninos mais novos ou de mesma idade que ele, submetendo-os sempre à sua liderança, planejando e executando pequenas maldades com os mais fracos.

Até que, certo dia, chega ao internato um garoto com o mesmo nome que o seu, mesma aparência física que a sua, mesmo modo de andar e de agir que o seu, mesmas roupas que ele costumava usar, nascido no mesmo dia, etc., etc.. Diriam até que poderiam ser irmãos gêmeos.

A única diferença que existia entre eles é que sua cópia falava em um tom de voz muito baixo, sussurrando.

Poe - Juliana Fiorese

E esse homônimo passa a ser então o principal rival de William Wilson, proporcionando-lhe bastante medo e, ao mesmo tempo, enorme admiração. Por sorte, nosso William Wilson percebia que, pelo menos com os outros meninos da turma, esse seu homônimo não representava nenhum risco para tomar o seu lugar de “liderança”.

Por mais incrível que possa parecer, era seu homônimo quem sempre tentava lhe dar bons conselhos na escola, mas ele nunca os ouvia. E, enquanto narra sua história, afirma que deveria ter escutado esses conselhos; certamente sua vida seria de outro jeito.

Poe - Juliana Fiorese

O que mais me intrigou no conto foi a maneira que, ao longo de toda a vida de William Wilson, repleta de vícios, trapaças e jogo sujo, o seu homônimo sempre surgia misteriosamente aonde quer que ele fosse e entregava aos presentes todas as estratégias maléficas de William Wilson, acabando com os seus planos perversos.

Até que, no confronto final, William Wilson e seu homônimo travam um duelo e o primeiro acaba vencendo. Ao acertar a espada em seu homônimo, nosso narrador percebe que não tinha acertado ninguém menos que ele mesmo.

Poe - Juliana Fiorese

E aí nós percebemos toda a duplicidade da personalidade de William Wilson, entendemos sua falta de emoção ao narrar a própria história, e acabamos enxergando claramente toda a sua psicopatia.

Notamos que só quando está morrendo, ele foi capaz de sentir culpa por todos os erros que cometeu e buscou certo alívio, justificando-se por tudo que havia cometido – coisa de seres humanos.

O mais legal ainda é que dizem que nos segundos antes à nossa morte, somos capazes de assistir, como a um filme, todos os momentos de nossa vida… Na minha opinião, todo esse conto foi justamente o flash que estava passando diante dos olhos de William Wilson segundos antes de ele cair no sono da eternidade.

Desafios literários - Juliana Fiorese

Eu fiquei encantada com a atmosfera sombria e misteriosa que esse conto é narrado e amei a maneira com que Edgar Allan Poe desenvolveu toda a história de William Wilson, apresentando um final – que mesmo que a gente desconfiasse um pouco – incrível.

Sensacional !! Acho que eu não poderia começar o #12mesesdepoe e conhecer o autor de uma maneira melhor ♥ !!

Poe - Juliana Fiorese

Alguém aqui também está participando do #12mesesdepoe ? Me contem aqui nos comentários, eu adoraria saber.

É isso pessoal !! Espero que tenham gostado do post de hoje !! Obrigada por acompanharem até aqui ♥.

Com carinho ♥, Juliana Fiorese.

♥ Para ler todos os posts do projeto #12mesesdepoe, é só clicar nesse link aqui. ♥

Juliana Fiorese

0 comments

  1. Ju, como você disse que tinha spoiler, só vi as fotos mesmo! rs
    Tô um pouco atrasada nesse projeto, ainda nem li o primeiro conto. Mas vou correr pra ler dois esse mês e me “regularizar”.
    Já tinha lido outro livro do autor (Assassinatos na Rua Morgue) e gostei muitíssimo, ele é incrível!

    Beijos,
    Camila | http://www.lendoporai.com

    1. Camila !! Ainda bem que você não leu o post então, eu contei tudo do conto !! ahaha xD Não sei resenhar contos… =~ O bom é que nesse projeto a gente só precisa a ler um por mês, né ?! Aí dá para alcançar tranquilo !! Mas, oh, William Wilson é maravilhoso !! Na última quarta feira do mês volto aqui para falar do próximo conto que vou ler. xD Beijinhos e ótima leitura !!

  2. Também estou participando e também li o conto proposto no projeto mesmo, o Metzengerstein. Esse conto que você leu me lembrou muito um filme que vi baseado numa obra do Dostoiévski (os dois se chamam O Duplo).

    1. Aaaah, que legal saber disso, Débora !! Eu quero conhecer mais obras de Dostoiévski e já coloquei O Duplo na minha lista !! Obrigada pela dica, viu ?! <3 Só não estou seguindo a lista do projeto porque eu já tinha um único livro de Poe aqui… Mas já quero conhecer todos os contos !! Eu adorei esse William Wilson e a escrita de Poe me encantou !! <3 <3 <3 Beijos !! <3 <3 <3

  3. Ótima sua resenha cheia Julian,me deixou com mais vontade de ler meu primeiro Edgar allan poe!
    Esta versão que você costuma fotografar eu nunca vi para venda, onde você os acha?

    Parabéns

    1. Obrigada, Paulo !! Feliz demais que gostou da resenha.

      Essa edição é da editora Tordesilhas e eu comprei na Amazon mesmo.
      Depois dá uma pesquisadinha por lá para ver se você acha.

      Aproveita para participar do projeto também !!
      Esse foi o meu primeiro contato com Edgar Allan Poe e eu já gosto muito !!

      Beijos !!

  4. Tô participando também, Juuuuu!!! Mas não li esse aí ainda (mas esse negócio de doppelganger me assusta), tô seguindo a ordem proposta pelo projeto mesmo, começando com aquele de nome esquisito, Metzzzsgeggeenrtnet <<< algo parecido, AHUEHEAUHEHU

    Ai, amei tuas fotos, inclusive <3 🙂

    Mandou bem! Bjs bjs bjs

    1. Oiii Raquel !! <3

      Esse projeto é maravilhoso !! Eu ainda não conhecia nada de Edgar Allan Poe e o #12mesesdepoe me deu um empurrãozinho para começar logo com esse livro que eu já tenho aqui em casa. xD Eu ia ler mais pra frente, mas queria muito participar dessa leitura. xD

      E é só por já ter esse livro em casa que eu não vou seguir a lista do projeto… =( Mas já quero ler esse com nome estranho !! ahahaha xD

      A atmosfera de William Wilson é muito – muuuuuito – tensa e misteriosa e me prendeu da primeira à última página !! O conto é tão tenso que já estava até sentindo a presença do personagem do meu lado, ahaha !! xD Adorei !!

      <3 <3 <3 Beijooooos !! <3 <3 <3

Deixe uma resposta