Livros ♥

Noturno ♥

Ele lidara com casos que demonstraram como
os seres humanos podem ser malignos, casos
que o fizeram duvidar da sua fé.
[NoturnoDarkSide Books, p. 78]

Noturno é daqueles livros que tem 500 páginas de história, mas que pela quantidade de informações que nos são apresentadas, parece que ele aparenta ter pelo menos o dobro disso. É muita coisa acontecendo no enredo e eu achei incrível.

O post de hoje é sobre as minhas impressões de leitura de Noturno, recebido em parceria com a DarkSide Books. ♥

Adquirindo o livro clicando nesse link aqui: Noturno
você incentiva e ajuda o blog a crescer.

Desde o evento Caveira Talk Show que eu tive a oportunidade de participar em 2016, promovido pela DarkSide Books para apresentar os próximos lançamentos da editora – na época -, eu fiquei muito curiosa para ler Noturno, de Scott Sigler, especialmente por conta da capa do livro.

Então é de se imaginar o quão feliz eu fiquei quando recebi o livro em mãos.

Confesso que, logo de início, o livro não conseguiu me cativar. Acredito que foi por conta de um dos personagens que trazia sempre uma piada pronta para todas as respostas, sabe? Um engraçadinho. Além disso eu estava achando um pouquinho confuso – normal, era só a apresentação de tudo.

Mas eu não precisei nem de mais de 40 páginas para me sentir totalmente envolvida com a história, curiosa para saber como tudo aquilo iria se desenrolar e, sim, apegada a todos os personagens, principalmente este “engraçadinho”.

O Livro

A história acontece em San Francisco, quando assassinos em série começam a espalhar as vítimas – em estados bizarros – pela cidade e dois detetives, Bryan Clauser e Pookie Chang – os melhores do Departamento de Polícia de San Francisco –, começam a investiga-los, mas logo são afastados dos casos pela delegada Zou.

Paralelo a isso, o detetive Bryan começa a ter pesadelos com criaturas sinistras e estes sonhos o levam diretamente aos locais dos crimes reais, mostrando uma ligação muito forte entre ele – o detetive -, seus sonhos e os assassinos.

Para completar, ainda temos Rex, um pré adolescente com seus 13 anos que sofre bulling na escola e, coincidentemente – ou não – também sonha com os mesmos crimes que Clauser sonha.

Clauser e Chang resolvem investigar os assassinatos em segredo e por conta própria, contando com a ajuda de Robinuma médica legista -, do detetive Johnafastado das ruas por conta de um trauma antigo – e de outros personagens maravilhosos com características bem peculiares, chegando assim cada vez mais perto de descobrir a verdade por trás de toda a brutalidade que acomete a cidade.

O que é muito legal nesse livro é que o leitor fica tentando desvendar todos os casos ao lado dos detetives ao longo da leitura.

Noturno é dividido em duas partes: Livro I – Pessoas, mostrando de perto a personalidade e história de cada personagem, e Livro II – Monstros, que explica melhor a sociedade dos assassinos em série, as famosas criaturas geneticamente modificadas.

A narrativa é em terceira pessoa e o livro apresenta capítulos curtos. Cada capítulo mostra o que está acontecendo com cada personagem separadamente, o que é maravilhoso pois temos o ponto de vista de cada um sobre a situação.

Além disso, o background é muito bem construído, é tudo muito descritivo e eu adoro isso nos livros pois faz com que eu me sinta totalmente imersa no ambiente em que acontece a história.

O livro me causou um certo estranhamento de início, por conta das criaturas, mas logo comecei a ficar cada vez mais envolvida na história querendo desvendar todas aquelas incógnitas.

Com grandes investigações, mistérios sobre um culto bizarro, símbolos estranhos marcando assassinatos, operações de acobertamento, conspiração assassina em torno do departamento de polícia, assassinatos brutais e muito sangue e tripas rolando soltas, Scott Sigler consegue prender o leitor até as últimas páginas.

Noturno tem um ritmo de leitura bem frenético e, em alguns momentos, fica impossível parar de ler; é de tirar o fôlego mesmo. Eu gostei demais.

Algumas frases

Ele lidara com casos que demonstraram como os seres humanos podem ser malignos, casos que o fizeram duvidar da sua fé.” [p. 78]

Você tem uma quantidade finita de dias para passar com uma mulher como a sua Robin ou a minha Starla, e não importa quantos dias consiga, eles não são suficientes.” [p. 158]

Detalhes da edição

Adquirindo o livro clicando nesse link aqui: Noturno
você incentiva e ajuda o blog a crescer.

É isso, gente. 

Espero que tenham gostado do post de hoje.
Muito obrigada por acompanharem até aqui.

Com muito carinho ♥,
Juliana Fiorese.

♥ MINHA LOJINHA ONLINE ♥

Lembrando que, comprando qualquer livro clicando aqui: Amazon
você ajuda o blog a crescer e incentiva cada vez mais a postagem de
novas resenhas como essa por aqui .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *