Livros ♥

A vida não me assusta

Panteras atrás do muro
Estranhos no escuro
Não, eles não me assustam nada.
[ A vida não me assusta, DarkSide Books ]

Recebi A vida não me assusta em parceria com a editora DarkSide Books e não me contive, comecei a leitura imediatamente. O livro foi lançado para o selo Caveirinha, destinado a crianças sem medo, mas com uma mensagem que perpassa, sim, no coração dos menores, mas também vai ao encontro com o coração dos maiores. É o tipo de livro que nos encoraja e nos enche de esperanças diante das adversidades da vida, independente da idade que tenhamos.

Tenho certeza que A vida não me assusta é o livro que o leitor levará em seu coração para sempre, como um acalento, à partir do momento da primeira leitura. E se essa leitura for feita na infância, melhor ainda.

Adquirindo o livro clicando nesse link aqui: A vida não me assusta
você incentiva e ajuda o blog a crescer.

Conforme eu ia lendo as palavras de Maya Angelou e observando cada pintura de Basquiat, meu coração ficava aquecido, reconfortado.

O poema permeia nas entrelinhas pelo universo fantasioso, deparando-se com dragões e bruxas, mas caminha em estradas sutis de realidade, como pancadarias de madrugada e meninos brigões na escola, acompanhados sempre de frases como Nada na vida me assusta. E a repetição dessa frase aparece de forma tão doce que, muito além de estar lendo um poema, estamos afirmando para nós mesmos essa coragem, que cresce ao longo da leitura e nos preenche completamente ao alcançarmos o final do livro.

Para complementar o sentimento proporcionado pelo poema de Angelou, Basquiat nos fortalece e acrescenta mais poder na mensagem através de sua arte que transborda emoções, seja através dos traços urgentes, fortes e até assustadores em alguns momentos, ou através das cores quentes e até das cores frias apresentadas em cada página, aumentando o volume da voz e do que está sendo dito.

Maya Angelou

A vida não me assusta traz uma rápida biografia da autora e nos mostra as dificuldades que Angelou enfrentou em sua primeira infância: separação dos pais, racismo nos Estados Unidos. Mas o que mais me impactou foi saber que, aos 7 anos, ela foi vítima de uma traumática violência sexual, que a fez parar de falar pelos 5 anos seguintes. Sabendo disso e, voltando ao poema, me arrepiei quando li “Panteras atrás do muro | Estranhos no escuro | Não, eles não me assustam nada.” Meu olho encheu de lágrimas e fiquei tentando encontrar diversos significados por trás de cada palavra do poema.

Felizmente a família de Angelou, muito trabalhadora e esforçada, onde a literatura esteve sempre presente, foi liderada por sua avó, uma grande mulher que os ajudou na superação daqueles dias tumultuosos.

Passando por trabalhos como cozinheira, garçonete, atriz, cantora e dançarina, Angelou destacou-se com grandes atuações em movimentos de direitos civis, foi a primeira mulher a editar um jornal em língua inglesa em Gana, onde, mais tarde, tornou-se professora na universidade do país. Ao voltar aos Estados Unidos, recebeu o título de Reynolds Professor of American Studies.

A vida não me assusta apresenta diversos outros momentos da vida de Angelou. Além disso, também mostra que há um documentário na Netflix sobre ela: Maya Angelou: And Still I Rise.

Jean-Michel Basquiat

A vida não me assusta também traz uma rápida biografia de Basquiat, que cresceu no Brooklin e desde cedo – começou a desenhar aos 4 anos de idade -, enveredou-se no mundo das artes visuais, música e teatro. Saiu da casa dos pais adolescente – chegando a morar na casa de amigos e até nas ruas – e começou a vender o seu trabalho artístico para sustentar-se e adquirir seu material de trabalho. Aquece o coração da gente, especialmente quando somos artistas, perceber esse esforço e essa sensação maravilhosa de conseguir vender sua arte, aquilo que saiu do coração do artista e foi de encontro a outras pessoas, que terá outras percepções. Eu acho muito bonito e emocionante tudo isso.

Basquiat foi um dos primeiros artistas negros a conseguir entrar no mundo das artes plásticas, onde rapidamente se consagrou e obteve reconhecimento artístico; e, no final do livro A vida não me assusta, o texto bibliográfico vai contar mais sobre essa estrada e sobre sua marca e incrível produção artística, além de nos apresentar coleções de sua obra, livro, filme e um documentário sobre o artista.

Detalhes do livro

Adquirindo o livro clicando nesse link aqui: A vida não me assusta
você incentiva e ajuda o blog a crescer.

É isso, gente. 

Espero que tenham gostado do post de hoje.
Muito obrigada por acompanharem até aqui.

Com muito carinho ♥,
Juliana Fiorese.

♥ MINHA LOJINHA ONLINE ♥

Lembrando que, comprando qualquer livro clicando aqui: Amazon
você ajuda o blog a crescer e incentiva cada vez mais a postagem de
novas resenhas como essa por aqui .

4 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *